Esse roteiro inclui umas das paisagens mais bonitas que já vi, mistura montanha, lago, cachoeiras e arquitetura, e pode ser feito em poucos dias. 

Sabe aquelas paisagens surreais? Que parece que você sonhou com uma terra encantada e acordou dentro dela? A Suíça pra mim é assim. Deus caprichou quando fez esse país com montanhas nevadas, pastos verdinhos e lagos de água turquesa. O homem também surpreendeu com a arquitetura medieval que encontramos pelas vilas e cidades desse país. 

Durante uma viagem de quase um mês por esse paraíso, decidimos fazer um roteiro que passa pelo coração dos Alpes Suíços. Considero esse roteiro um sucesso, são muitas opções de lugares para ir, mas esse roteiro inclui umas das paisagens mais bonitas que já vi e, certamente, quero repetir. O bom dele é que mistura montanha, lago, cachoeiras e arquitetura, e pode ser feito em poucos dias, sucesso! 

Sem mais delongas vamos a ele:

Zurique

Ponto de partida para conhecer a Suíça é a cidade de Zurique. Uma cidade bem grande e rica, centro financeiro do país e como tal, é muito bem projetada e cara. Tem uma parte moderna e também um centro histórico muito lindo e bem preservado. Delícia andar por suas ruas com as sombras de árvores anciãs nos calçadões.

Zugo

A apenas 43 km, chegamos à vila de Zugo, ela não está na rota turística, mas é um achado! A cidade é pequena e compacta, a arquitetura medieval é muito predominante nas suas ruas fofíssimas. O que traz um charme todo especial é o lago, margeado de belas árvores e algumas casinhas, cena de fundo de tela de computador.

Lucerna

Dessa vez não paramos aqui, mas pra quem faz o roteiro com mais dias é uma parada obrigatória e fica na rota. A cidade é muito famosa e encantadora, uma aula de história ao ar livre. Ela é cortada pelo Rio Reuss, que adiciona um charme à paisagem.

Lungern

O lago aqui é o maior atrativo, a vila é bem pequena e fica à beira dele. Ver a vista da igreja é um must do. Parada rápida aqui, pois não existe um centrinho para bater perna, apenas paisagem para contemplar.

Iseltwald e Giessbach Falls

Uma jóia escondida no lago Brienz. Uau, que paisagem de tirar o fôlego nesse lago azul turquesa. Fizemos uma trilha curta no circuito da Giessbach Falls, onde vimos as várias quedas da cachoeira até desaguar no lago próximo a um Grand Hotel. Cena mais linda! A vila também tem um calçadão que garante suspiros.

Alpes suíços

Grindelwald e Lauterbrunnen

As vilas mais famosas dos Alpes por, literalmente, parecerem um conto de fadas cercadas de montanhas e cachoeiras. Palavras não descrevem, melhor é ver algumas fotos.

Interlaken

Permeada de um rio turquesa e com vista para os Alpes mais imponentes, essa cidadezinha tem boa infraestrutura de restaurantes e lojinhas. É sem agitações, pra quem curte a calmaria.

Blausee

O lago mais famoso da Suíça, pequeno, porém de um azul e clareza da água inigualáveis. Se você gosta de viajar, com certeza já se deparou com uma foto dele na internet. O lago se encontra em um parque natural com entrada paga, trilhas pavimentadas e fácil acesso.

Thun

Última cidade do roteiro. A cidade é grande e mais agitada, cortada por um rio de cor verde esmeralda e possui castelos e construções medievais, além da vista cênica dos Alpes. Ela possui uma rua com calçadas elevadas e lojinhas embaixo e em cima da calçada, difícil explicar mas muito legal de ver.

Sigriswill no caminho de volta

Quando estiver voltando a Zurique, dê uma paradinha em Sigriswill. Nada turística, porém maravilhosa, essa vila no alto da montanha surpreende com paisagens típicas e uma ponte panorâmica. A estrada por si só já dá um show. Ótimo lugar pra se despedir do paraíso e sonhar com o dia de voltar.

Alpes suíços