Noura Al-Matrooshi é o nome da mulher que faz parte de um marco histórico nos Emirados Árabes Unidos. Anunciada pelo vice-presidente e primeiro-ministro Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum no último dia 10, ela é a primeira astronauta feminina do país.

Entre 4.305 concorrentes, Noura e um outro colega são os novos contratados pelo programa de astronomia. O Centro Espacial Mohammed Bin Rashid (MBR) dos Emirados Árabes Unidos fez o processo seletivo que também recrutou Mohammed Al-Mulla, um piloto comercial da Polícia de Dubai.

Noura é bacharel em engenharia mecânica pela Universidade dos Emirados Árabes Unidos, segundo informações do MBR. Ela, que nasceu em 1993 e tem 27 anos, além da nova função, é engenheira da empresa National Petroleum Construction Company.

Através da sua conta no Twitter, a jovem demonstrou a sua satisfação com a realização. “A nação me proporcionou momentos inesquecíveis hoje. Meu objetivo é trabalhar duro para criar um roteiro de momentos históricos e conquistas que ficarão gravados para sempre na memória de nosso povo”, disse ela em resposta ao post do governante que parabenizou os dois contratados.

 

“Agradeço a nossa sábia liderança e a equipe do Programa de Astronautas dos Emirados Árabes Unidos.

Os preparativos e o trabalho começam agora”, concluiu Noura.

 

No vídeo divulgado pelo centro espacial do país, a mulher escolhida é apresentada dizendo que “ela vive pelo lema ‘faça o que te faz feliz'”. O vídeo declara ainda: “Sua paixão pelo espaço começou em uma idade jovem, pois ela gostava de ir a eventos de observação de estrelas”.

De acordo com dados divulgados pela CNN, o piloto Al-Mulla também comanda a divisão de treinamento da Polícia de Dubai. Segundo o Centro Espacial Mohammed Bin Rashid, ele nasceu em 1988.

No anúncio do Sheik Mohammed, ele informou que Al-Mulla e Noura aguardam, agora, “para serem treinados com a NASA para futuras missões de exploração espacial”.

 

Fonte: Com informações do site CNN