O “Atos 29” é o nome de um movimento de plantação de igrejas iniciado na Espanha. O pastor Doug Logan e sua equipe o lançaram recentemente para promover uma “comunidade global diversificada de igrejas multiplicadoras e saudáveis”, segundo ele.

A ideia é que o Atos 29 comece no contexto urbano do país. O pastor fez uma declaração à CBN News, em uma entrevista, dizendo que “a grande comissão diz para ir a todas as nações”, disse ele. “O que vai refletir é o coração de Deus pelos perdidos de todas as nações”, acrescentou.

Segundo o líder, o projeto não tem o “complexo messiânico onde pensamos que nossa cultura é elevada em relação a outras culturas, e percebemos que sentamos sob o Deus vivo que nivela o campo de jogo porque o pecado nos nivelou e a graça nos trouxe para uma família e relacionamento, então podemos começar a liderar o caminho, exibindo a beleza multifacetada da família de Deus”.

O Atos 29 tem a visão de trabalhar em todas as nações, expandindo as fronteiras da Espanha. De acordo com a CBN, para os Estados Unidos, este é o momento mais oportuno para a implantação do movimento lá. O país tem passado por conflitos raciais desde a morte de George Floyd, em 2020.

O alto número de hispânicos nos EUA chama a atenção dos líderes. “Se não me engano, no último censo, havia cerca de 60 milhões de hispânicos nos EUA”, disse o pastor Chuy Rodriguez, que foi nomeado chefe do “Atos 29 Español”.

Para a América Latina, Chuy também irá atender às necessidades espirituais, já que é a sua área de responsabilidade. Pesquisas mostram que 85% dos latinos colocaram sua fé em Deus e que 94% dos líderes hispânicos estão agora supervisionando suas igrejas. As informações são do The Pew (2014) e Lifeway Research (2019), consecutivamente. O líder crê que essa é uma excelente oportunidade para ensinar, treinar e discipular todos nessas áreas até que eles sejam luz para outras nações.

Os pastores e líderes fazem parte dessa lista de apoio. “Queremos avaliar, trazê-los, apoiar financeiramente, conectar-se profundamente com os relacionamentos”, disse o pastor Logan ao site Christianity Daily. “E queremos fornecer algumas conferências, algum conteúdo e algum coaching e esse coaching vem com o currículo”, completou.

 

Fonte: Com informações do site Christianity Daily