Com certeza você já ouviu falar sobre a motricidade fina e como é importante realizar atividades no dia a dia para ajudar no seu desenvolvimento.

Afinal, o que é motricidade fina?

A motricidade fina envolve os menores músculos das mãos, utilizados de forma precisa para escrever, abotoar camisa, fechar zíper, usar tesouras, talheres, escovar os dentes, dentre outros.

Os componentes motores finos incluem a utilização das mãos e dedos para alcançar, agarrar, transportar e manipular objetos.

Quando a criança nasce, sua habilidade motora fina ainda não está desenvolvida e é necessário criar condições para que ela explore o ambiente, diferentes objetos e texturas.

O bebê está desenvolvendo habilidade motora fina ao se apoiar no chão com o antebraço e mãos, ao movimentar os braços com movimentos bruscos para começar a controlar o olhar, fixar e seguir estímulos interessantes. Está desenvolvendo essa habilidade quando experimenta diversas texturas, transfere brinquedos de uma mão para a outra, segura um cubo em cada mão e deixa um cair quando mostramos o terceiro, quando aprende a pegar objetos pequenos com o polegar e indicador.

Essa habilidade também é desenvolvida quando a criança aprende a passar páginas de livros, agarra, puxa, encaixa, retira, aponta, empilha, rabisca, despeja, dentre outras brincadeiras que você está se lembrando agora.

As habilidades motoras finas são de grande importância para as tarefas escolares e cotidianas. A dificuldade nesse componente pode gerar atrasos significativos na escola e falta de autonomia nas suas atividades diárias. Afinal, precisamos de movimentos refinados todo tempo.

Como melhorar essa habilidade?

Para melhorar essa habilidade tão importante é necessário estimular o uso da mão dominante da criança, brincadeiras que a criança precisa utilizar as duas mãos simultaneamente, manipular objetos pequenos para que a criança use um ou dois dedos somente, brincadeiras que estimulem a força nos dedinhos e deixar que ela explore o mundo a sua volta.

Vou deixar para vocês algumas atividades interessantes para estimular a motricidade fina no dia a dia:

  • Ajudar a colocar a mesa;
  • Usar talheres para comer;
  •  Servir suco ou água;
  • Ajudar no preparo das refeições;
  • Vestir-se, abotoar, usar zíper, abrir e fechar velcros de sapatos;
  • Cortar com tesoura;
  • Pintar com dedo e pincéis;
  • Abrir e fechar frascos;
  • Brincar com massinha;
  • Construir torres de lego;
  • Brincar com dedoches;
  • Rasgar papel e colar, etc.

Se você percebe que sua criança não apresenta motricidade fina adequada para a idade, procure ajuda terapêutica.