Como está o ministério de universitários da sua igreja? Talvez sua reação ao ler essa pergunta foi: minha igreja sequer tem um ministério de universitários. Triste e surpreendentemente, muitos pastores não se dão conta da necessidade urgente de um ministério universitário forte e efetivo em suas igrejas.

Ingressar na universidade ainda é um privilégio para uma minoria em nosso país. Para grande parte da população, o curso superior ainda é um sonho muito distante. No entanto, essa realidade vem mudando nos últimos anos. O acesso às faculdades foi facilitado e o número de jovens que consegue acesso aos diferentes cursos é cada vez maior.

Consequentemente, muitas de nossas ovelhas agora têm a oportunidade de ingressar em uma universidade. E isso é motivo de orgulho e satisfação para toda a comunidade local. Quem não quer ver seus irmãos em Cristo crescendo no conhecimento e contribuindo de forma efetiva para o progresso da nação?

Contudo, uma vez na universidade, o cristão se depara com uma realidade muito diferente da que estava acostumado no convívio protegido da igreja. 

A universidade no Brasil e no mundo é o local onde o saber é buscado e venerado. O orgulho e a vaidade quase sempre acompanham e compõem o ambiente estudantil. O existencialismo, o naturalismo e outras doutrinas contrárias à nossa fé permeiam o pensamento de maneira quase inquestionável no meio universitário. Além disso, as festas, as bebedeiras, o uso de drogas e o sexo fora do casamento são uma realidade experimentada pela maioria dos universitários do mundo todo, e é neste ambiente hostil que os cristãos são inseridos.

E não apenas isso. Nossa sociedade está deixando de ser uma sociedade não cristã para se tornar uma sociedade anticristã. O mundo tem se mostrado cada vez mais contrário e enfurecido com os cristãos que guardam genuinamente a mensagem de pureza, santidade e salvação exclusivamente em Jesus. Os valores seculares nunca estiveram em um conflito tão direto com os valores do Reino. E o local onde estas ideias anticristãs surgem, são debatidas, elaboradas e ganham forma, é na universidade.

Essas dificuldades precisam ser objeto de preocupação e trabalho por parte das igrejas. Toda igreja que tenha universitários precisa de um ministério voltado para eles! Quantas lutas seriam evitadas se tão somente os universitários soubessem que há na igreja um grupo de irmãos passando pelas mesmas lutas, liderados por aqueles que também já passaram e venceram.

Para enfrentar os desafios e dificuldades do meio universitário, o cristão precisa de um cuidado especial, pois a sedução do mundo, os conflitos na fé e as perseguições sofridas na universidade abalam a vida dos jovens estudantes, e não raro vemos casos de esfriamento na fé ou mesmo de cristãos desviados dos caminhos do Senhor.

Para isso é necessário um ministério de universitários forte, que acolha o universitário em suas lutas e dificuldades e saiba ajudá-lo a superar suas crises, dúvidas e conflitos. Além disso, o universitário precisa de suporte no desafio que o evangelismo universitário representa. O período da graduação tem tudo para ser um período de crescimento espiritual, semeadura da Palavra e colheita de grandes frutos para o Senhor. E as orações, o apoio e o incentivo da igreja fazem com que isso se torne realidade.

Se você é universitário, junte-se ao grupo de estudantes da sua igreja. Se não há, comece um você mesmo! Chegou a hora de virarmos a página em que a universidade desviava os crentes e escrevermos uma nova, onde o Poder do Espírito Santo avança no meio acadêmico mudando toda a realidade, para glória de Deus!