Ouvimos muito essa frase: “não se preocupe com esse atraso de fala ou para andar, cada criança tem seu tempo. Já já isso se ajusta.” 

Talvez você tenha ouvido e falado isso para alguém que está preocupado com o atraso no desenvolvimento de uma criança. De fato, cada criança tem seu tempo dentro dos marcos de desenvolvimento. Existem marcos importantes que precisamos acompanhar e, se a criança não se desenvolve adequadamente dentro daquela janela determinada, deve-se procurar ajuda. 

Quero, por meio desse texto, alertar os pais e cuidadores a terem um olhar mais apurado para o desenvolvimento das crianças e agir rapidamente, se perceber algo fora do esperado para a idade. 

As crianças não se desenvolvem seguindo um calendário ou um relógio. Por exemplo, existem crianças que andam aos 10 meses e outras aos 15 meses. Ambas as crianças estão dentro do que é considerado desenvolvimento típico. 

Atraso no desenvolvimento é muito mais do que um pequeno atraso, e sim, dificuldades persistentes em habilidades que outras crianças da mesma idade já apresentam. 

Dentro dos marcos de desenvolvimentos é esperado que as primeiras palavras comecem a surgir aos 12 meses e, aos 18 meses, tenha um repertório de 20 palavras. Com 12 meses, observe se essas palavras estão começando a surgir, se não estiver, converse com o Pediatra para orientar a procura de um profissional. 

Se a criança, aos 18 meses, não anda com segurança e coordenação, também comunique ao pediatra e procure uma avaliação. 

Assim ocorre com os demais marcos do desenvolvimento, procure ajuda se não estiver dentro do esperado. 

Atrasos de desenvolvimentos podem ser causados por problemas de curta duração, por exemplo, falta de estímulo e excesso de telas, causando atraso na fala. Nem sempre é identificado o que causa esse atraso, mas mesmo assim, é importante uma intervenção precoce. 

Atrasos no desenvolvimento podem ocorrer em uma ou mais áreas. Um atraso global de desenvolvimento é considerado quando a criança tem atraso em, pelo menos, duas áreas. 

As cinco áreas de possíveis atrasos e que precisamos ficar atentos são: competências cognitivas, sociais e emocionais, fala e linguagem, motoras grossas e finas, atividades de vida diária (tarefas diárias como comer, vestir, tomar banho, escovar os dentes.) Ao perceber atrasos nessas áreas, comunique ao médico responsável para que juntos possam procurar profissionais especializados para avaliar. 

Te encorajo a ler sobre o desenvolvimento infantil para que saiba o que esperar em cada etapa. 

Gostaria de finalizar indicando a leitura da cartilha da Sociedade Brasileira de Neurologia Infantil (SBNI), “APRENDA OS SINAIS. AJA CEDO”. Essa cartilha pode ser baixada gratuitamente e contém os marcos do desenvolvimento e os possíveis atrasos para que você os identifique. 

Nunca ache que você está cismado(a) ou neurótico(a). A qualquer suspeita de atraso no desenvolvimento, procure ajuda. Isso fará toda a diferença no desenvolvimento dessa criança. 

LEIA AS MINHAS DEMAIS COLUNAS