DIA1 

Explore a Palavra de Deus 

“Guardo no coração as tuas palavras…”  SALMO 119:11 

Que estranho paradoxo! O ateu de pensamento livre discursa violentamente e se enfurece dizendo que a Bíblia é um livro “perigoso”, enquanto eu vejo a Palavra de Deus declarando vida para a minha alma! É realmente estranho que alguns seres humanos tenham a ideia de que a  Palavra de Deus só pode ser abordada com medos aterrorizantes. Mas isso só é  verdade para aqueles que amam seu pecado e odeiam o Salvador. A bendita verdade é que, se odeio meu pecado e amo meu Salvador, as  Escrituras são, de fato, uma revelação maravilhosa e um guia fidedigno. Precisamos estar cientes de que, se não guardarmos a Palavra de Deus, nossa alma estará continuamente em estado miserável. 

Depende de nós. O que desejamos sinceramente fazer com o Senhor e Sua  Palavra revelada? 

Anos atrás, George Mueller disse que havia lido a Bíblia centenas de vezes e  então acrescentou: “Com meditação!” 

Leiamos a Palavra. Mais do que isso; devemos, na verdade, explorá-la! 

Obrigado Senhor por nos dares a Tua Palavra.
Que ela não apenas ilumine meu coração, mas suplico por aqueles que a traduzem para outras línguas,
a fim de que ela possa iluminar a mente deles também.

DIA 2 

Deus se revela 

“…eu vi o Senhor…Então, disse eu: ai de mim! Estou perdido!”  ISAÍAS 6:1,5 

Com frequência, pergunto-me como tantas pessoas conseguem viver com uma esperança contínua de que serão, de alguma forma, capazes de  comungar com Deus por meio de suas capacidades intelectuais. Quando  perceberão que, se houvesse a possibilidade de “descobrir” Deus pelo intelecto,  eles seriam iguais a Deus? 

Isaías é um exemplo dramático do Senhor revelando-se a si mesmo para  a humanidade. Esse profeta poderia ter tentado alcançar Deus durante um  milhão de anos, por meio de seu intelecto. Mas o poder do cérebro não é o  meio pelo qual encontramos o Senhor! 

Irmãos, é verdade que todos nós ainda estaríamos distantes de Deus se Ele  não tivesse se revelado a nós graciosamente e em amor. Num espaço curtíssimo de tempo, o Senhor que nos ama pode se revelar para o espírito anelante  de um homem ou mulher. É somente nesse momento que Isaías, ou qualquer  um de nós, pode dizer com humilde certeza: “Eu o conheço!” 

Um cristão comprometido deveria, então, ter sobre si algo que vá além da psicologia — além de todas as leis naturais e relacionado com as leis espirituais!

 

Senhor, obrigado pelo que sabemos sobre ti por meio de
vários encontros que lemos na Bíblia. Quero estar preparado,
em meu coração, para ouvir Tua voz quando falares.

DIA 3 

Pregue um Cristo completo 

“Fiel é Deus, pelo qual fostes chamados à comunhão
de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor.” 1 CORÍNTIOS 1:9

Rejeito a insistência humana entre nós de que Cristo deve manter um relacionamento dividido conosco nesta vida. 

Tenho consciência de que isso é, nos tempos atuais, tão comumente  pregado, que decidir se opor ou contestar significa que estamos correndo risco  e devemos nos preparar para o que virá. 

Porém, sou forçado a perguntar: Como podemos insistir e ensinar que nosso  Senhor Jesus Cristo pode ser nosso Salvador sem ser nosso Senhor? Como tantos podem continuar a ensinar que podemos ser salvos sem intenção alguma  de obediência ao nosso Senhor Soberano? 

Fico satisfeito, em meu coração, por saber que, quando alguém crê no Senhor  Jesus Cristo, deve crer no Jesus Cristo completo — sem reserva alguma! Como  um ensinamento pode ser justificado quando encoraja pecadores a usar Jesus  como um Salvador em seus momentos de necessidade, sem prestar-lhe a obediência e a lealdade devidas? 

Creio que precisamos voltar a pregar um Cristo pleno ao nosso mundo  necessitado!

 

Pai celestial, reconheço humildemente Tua graça salvadora
em minha vida e é uma honra obedecer-te e servir-te.

DIA 4 

O poder da cruz 

“…a cruz…pela qual o mundo está
crucificado para mim, e eu, para o mundo.” GÁLATAS 6:14

Apenas uma pessoa com conhecimento perfeito da humanidade poderia ter ousado estabelecer os termos de discipulado que o nosso Senhor  Jesus Cristo estabeleceu para Seus seguidores. 

Apenas o Senhor dos homens poderia ter arriscado o efeito de tais demandas tão rigorosas: “…a si mesmo se negue…” (MATEUS 16:24)

Poderia o Senhor estabelecer regras tão severas às portas de Seu reino? Ele  pode — e assim o faz! 

Se Ele quer salvar o homem, deve salvá-lo de si mesmo. É o “si mesmo”  que escravizou e corrompeu o homem. A libertação vem apenas pela negação  do eu. 

Nenhum homem, com sua própria força, pode destruir as correntes com as  quais o eu o aprisiona; porém, depois de tomar fôlego, o Senhor revela a fonte  de poder que liberta a alma: “…tome a sua cruz…”. 

A cruz era um instrumento de morte — sua única função era matar um  homem. Jesus disse: “…tome a sua cruz…”; e assim conhecerá a libertação de  si mesmo!

 

Amado Senhor, tenho muito a aprender sobre negar
a mim mesmo e carregar a minha cruz diariamente — especialmente em meio a tantas atividades mundanas. Senhor, toma conta do meu ser.

DIA 5 

Viva corretamente ou morra 

“…Bem-aventurados os mortos que, desde agora,
morrem no Senhor… para que descansem das suas fadigas…” APOCALIPSE 14:13

Nós, cristãos contemporâneos, parecemos ser uma raça estranha em muitas de nossas atitudes. Estamos tão completamente satisfeitos com coisas terrenas e desfrutamos nossos confortos de criatura de tal forma  que poderíamos ficar aqui por muito, muito tempo! 

A maioria de nós, provavelmente, ao orar, não fala com Deus sobre esse tipo  de desejo. Mas criei a prática de escrever muitas de minhas orações mais fervo rosas em uma caderneta — um livro agora bem gasto. Frequentemente, lembro  Deus de como minhas orações têm sido. 

Uma das orações registradas na caderneta — e Deus já a conhece bem — é  uma súplica honesta: 

“Ó Senhor, que eu morra em vez de passar os dias vivendo do modo errado.  Não quero me tornar um velho negligente e carnal. Quero viver de modo justo  para morrer de modo justo! Senhor, não quero que minha vida seja estendida  se isso significar que deixarei de viver de modo justo e falharei em minha missão de glorificar-te todos os meus dias!” 

Prefiro ir para casa agora a continuar vivendo — se continuar vivendo for um  desperdício do tempo de Deus e do meu!

 

Senhor, é verdade que o abrigo e a segurança são buscas humanas fundamentais em nossa luta por provisão para nós e nossas famílias. Contudo, ajuda-me a encontrar equilíbrio entre focar minha
atenção em mim mesmo, em ti e em Teu plano para este mundo.

DIA 6 

A disciplina é descartada 

“Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens.
Então, eles deixaram imediatamente as redes e o seguiram.” MATEUS 4:19:20

Vivo numa terra [N.E.: EUA] conhecida e favorecida por sua liberdade; um país onde o cristianismo protestante é popular e bem aceito. Fiz essa observação para falar de um dos grandes perigos espirituais inerentes ao protestantismo: o fato de que não há disciplina envolvida.  Qualquer pessoa em nossas igrejas é praticamente livre para fazer o que quiser. Se não gosta de uma igreja, precisa apenas atravessar a rua e ir a outra. Se  não gosta do pregador, pode ir embora e em pouco tempo estar frequentando  uma igreja onde esteja satisfeito com o pastor, a música e o ambiente. Veja, essa pessoa está reivindicando o cristianismo sem disciplina. Está se  recusando a reconhecer que a fé cristã faz suas próprias reivindicações de obediência a Deus e humildade de espírito. 

Quando os desejos das pessoas têm primazia, a voz do Espírito de Deus é  reprimida e silenciada. Pode haver apenas um resultado — a alma humana  ficará faminta e deformada!

 

Senhor, perdoa-me por colocar meus desejos pessoais acima do governo do Teu Espírito em minha vida. Algumas vezes isso acontece tão sutilmente, mas sempre acaba em frustração. Fala comigo Senhor. Estou ouvindo com atenção renovada.

DIA 7 

O mundo está assustado 

“…exultai e erguei a vossa cabeça;
porque a vossa redenção se aproxima.” LUCAS 21:28

Uma igreja acometida de medo não pode ajudar um mundo assustado; e deve ser dito que, certamente, um cristão dominado pelo medo nunca  considerou sua defesa!  

Ninguém pode culpar seres humanos por terem medo. Além dos momentos  incessantes de crise, terror e violência, Deus também alertou que o mundo,  mais cedo ou mais tarde, passará por um batismo de fogo. Deus o declarou,  pela voz de todos os santos profetas, desde o princípio dos tempos — não há  escapatória! 

Cristãos leitores da Bíblia deveriam ser as últimas pessoas na Terra a dar  espaço para a histeria. A nós foi dada uma previsão profética de todas essas  coisas que sucederão no mundo. Há algo que possa nos surpreender? 

Nós, que estamos no seguro lugar secreto de Deus, devemos passar a andar  e agir de tal forma! Nós, acima de todos os que habitam na Terra, deveríamos  estar calmos, ser esperançosos, alegres e contentes. Nunca convenceremos o  mundo assustado de que há paz e segurança na cruz se continuarmos a exibir  os mesmos medos daqueles que não professam o cristianismo!

 

Senhor, que Tua paz transpareça em
meu comportamento. Dá-me oportunidades de ajudar pessoas que estejam lidando com o medo ou a dor.