66ª Convenção Nacional de Pastores IEQ

Sob o tema “Quadrangular, uma Igreja Missionária ontem, hoje e sempre”, a Igreja do Evangelho Quadrangular realizou, entre os dias 18 e 20 de abril na cidade catarinense de Itajaí, sua 66ª Convenção Nacional de pastores.
Na noite de abertura, os milhares de pastores presentes ao Centro de Eventos Marejada assistiram à apresentação de teatro representando os 500 anos da Reforma Protestante e a participação dos FIPAS – Filhos de Pastores, que entraram marchando em uma demonstração do espírito militante e combativo em prol do Evangelho que rege a Igreja do Evangelho Quadrangular em todo o Brasil. Houve ainda a execução dos Hinos Nacional e da Igreja Quadrangular.
A preleção da noite ficou por conta do presidente nacional da IEQ, reverendo Mario de Oliveira, que ministrou sobre Deus, os bichos e a humanidade. “Deus usa coisas simples para dar grandes exemplos. Os bichos são exemplos de desapego das coisas materiais, prudência, humildade, simplicidade e alerta”, disse o presidente nacional da Denominação, que ainda aproveitou o momento e apresentou o relatório financeiro anual aos convencionais.
Além de um palco gigantesco e da decoração muito bem elaborada, o evento também contou com uma grande equipe de trabalho, que atendeu a todos com carinho e muita dedicação. Os pastores também tiveram à sua disposição stands de produtos direcionadas à igrejas e sua administração, lanchonetes, o Espaço Kids, lugar reservado às crianças e juniores com atividades educacionais, artísticas e cristãs que objetivou edificar a vida dos pequeninos e o Espaço FIPAS, local onde os filhos de pastores puderam ter mensagens direcionadas e um momento de busca com Deus. Os Ônibus dos Projetos Sociais da Igreja do Evangelho Quadrangular como Lucas e Margarida também puderam ser visitados pelos convencionais.

Vitoria em todas as áreas

Pastores de todas as partes do Brasil chegaram cedo a Itajaí para participar do segundo dia da Convenção e pela manhã, participaram de um momento administrativo, com a eleição da mesa diretora do evento, que foi composta pelo pastor Antônio Carlos como 2º Vice-presidente, a pastora Elizete D’ Avila como 1ª secretária e a reverenda Dionízia Luvizotto como 2ª secretária.
Com o tema “O que nos leva para a vitória em todas as áreas da nossa vida” e com base em provérbios 8.17, a reverenda Dionízia Luvizotto, conselheira do Conselho Nacional de Diretoras da Quadrangular ministrou uma mensagem poderosa, trazendo esperança e renovo aos presentes. Os louvores ficaram por conta de Miria Guedes, Jorge Ortany, Deusmar Costa e pastor Gildo de Carvalho.

Oferta Sacerdotal

Os cantores da Igreja do Evangelho Quadrangular levaram os congressistas a momentos intensos de louvor e adoração.
O reverendo Antônio Carlos de falou sobre células e a importância em investir no Trilho do Crescimento para que almas sejam alcançadas e transformadas pelo poder do Evangelho. Em seguida, a pastora Bianca de Oliveira, Coordenadora Nacional de Mulheres, falou sobre o Espaço Kids do evento e também sobre a Conferência Infância Tempo de Semear.
A ministração ficou a cargo do reverendo Mario de Oliveira, que abordou o tema “O cachorro e a Formiga”, relacionando o cachorro com a importância da fidelidade na vida dos pastores e a formiga com a necessidade do esforço individual para ser um vencedor.
Um dos momentos mais aguardados e emocionantes da manhã foi a Oferta Sacerdotal, no qual todos os presidentes de estado foram ungidos, fortificando ainda mais a união entre o Conselho Nacional, os Conselhos Estaduais, Superintendentes e Pastores, aliançando suas visões para uma só perspectiva: o crescimento da Igreja e a salvação de almas.
A 66ª convenção foi marcada por um momento histórico: a presença do pastor Antônio Marafon, com quem Mario de Oliveira começou o ministério na cidade de Ourinhos, em 1965. Marafon deu uma breve palavra que emocionou os convencionais. “A porta se abre, isso é resultado de oração. Se você se cingir da túnica, você passará por qualquer problema. Cinja-se da capa do Senhor, da capa do conhecimento”, disse pastor Marafon. O pastor Mario mostrou a Bíblia que ganhou do amigo e que carrega há 52 anos. Outro momento inesquecível foi a presença do ex-sargento Eloy, hoje pastor, que foi testemunha ocular e afrontou o delegado quando o pastor Mario de Oliveira foi preso por pregar a Palavra de Deus.

Cavalos de Fogo

Jorge Ortani, Cleide Duarte e Deusmar Costa abriram a noite do segundo dia da Convenção, preparando os presentes para receber a ministração da Palavra de Deus, feita pelo reverendo Mário de Oliveira. Deus falou de forma sobrenatural por meio da mensagem “Cavalos de Fogo” “O púlpito é o lugar de anunciar as boas novas, não é o lugar de jogar gasolina e colocar fogo”, disse o presidente nacional. No final da ministração, houve uma encenação da chegada do Messias em Jerusalém e todos se surpreenderam com a entrada de um jumentinho, carregando um ator representando Jesus.
A Tenda da Alegria animou as crianças em Itajaí. A pastora Bianca de Oliveira, idealizadora do projeto, realizou uma apresentação com os Quadradinhos e mostrou para o ministério Quadrangular a importância de haver projetos infantis que ensinem e eduquem os pequenos nos caminhos do Senhor.
O Presidente Nacional de Missões pastor Fernando Camargo, relatou que a Secretaria Geral de Missões possui 64 missionários em 21 países e entregou as chaves de mais dois ônibus do Projeto Lucas a dois estados: Minas Gerais e Amapá.
A noite de quarta-feira contou ainda com a apresentação da Campanha Nacional ‘Ame sua Igreja, Ore por ela’ e a apresentação do Centro de Treinamento de Missões Quadrangular de Curitiba, que emocionou a todos e com a presença do delegado Adir, que prendeu o pastor Mario na cidade de Uruguaiana. Hoje ele é pastor e superintendente no estado do Rio Grande do Sul.

Homenagem merecida

O Coordenador Nacional de Música da IEQ pastor Gildo de Carvalho e banda abriram o último dia de evento, louvando e agradecendo ao Senhor pela convenção. Os pastores presentes renderam honra e glória a Deus e prestigiaram também os talentos da Igreja Quadrangular no palco da convenção.
A seguir, aconteceu a homenagem a 80 pastores, dentre eles os que completaram 25 anos de ministério e foram ordenados ministros do Evangelho Quadrangular e também os que completaram 50 anos de ministério. A cantora Soraya Moraes impactou os pastores com sua voz potente e um louvor cheio de unção.
A equipe do CTMQ apresentou uma encenação que levou os convencionais a refletir antecedendo a mensagem A Igreja dos Homens, ministrada pelo do reverendo Mario de Oliveira. “A Igreja dos homens é uma realidade, ela está entre nós, se rebela e causa divisões, mas a Igreja de Jesus é aquela que está sempre amando, perdoando, absolvendo, orientando e mostrando o caminho”, disse o presidente nacional da IEQ.
O ex-sargento Eloy, que ajudou o pastor Mario quando foi preso por pregar a palavra de Deus no ano de 1969, retornou ao palco da Convenção, juntamente com sua esposa, e decidiram ser membros da IEQ. Os convencionais ainda participaram da Santa Ceia e de um momento lindo com a Dinâmica da bandeira da Igreja Quadrangular.
Com um sentimento de dever cumprido e certos de estarem onde Deus quer que estejam, ou seja, a frente de suas Igrejas Locais sob a bandeira da Igreja do Evangelho Quadrangular, os milhares de pastores se despediram já aguardando o momento da próxima convenção.

Fotos: Censelho Nacinal de Diretores IEQ

 

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *